Agenda

Webinar de lançamento do 1º relatório do Censo de Mercados Ilícitos 

Data / hora : 30 de abril de 2021, 10h 

Projeto “Censo de Mercados Ilícitos: da tríplice fronteira Brasil-Argentina-Paraguai à cidade de São Paulo” reuniu e analisou, por meio da computação cognitiva, mais de 10 milhões de registros criminais sobre mercados ilícitos de drogas, armas, eletrônicos, cigarro, defensivos agrícolas, entre outros produtos e serviços ilícitos correlacionados, como o tráfico de pessoas e a exploração sexual de menores, ocorridos no eixo geográfico entre a tríplice fronteira e São Paulo, principal centro consumidor e atacadista de produtos ilícitos do país e da América do Sul.  No webinar serão apresentados os primeiros resultados do “Censo” e as inovações metodológicas construídas para conseguir detectar os mercados ilícitos no corredor entre a tríplice fronteira e São Paulo.  

O projeto “Censo de Mercados Ilícitos: da tríplice fronteira Brasil-Argentina-Paraguai à cidade de São Paulo” é um dos 29 projetos internacionais selecionados pelo Expert Council do Programa PMI IMPACT, iniciativa da Philip Morris International que financia projetos com impacto e contribuição para o controle de mercados ilícitos e crimes relacionados que vitimizam a sociedade. O conselho é formado por ex-membros de organizações internacionais de enfrentamento à economia ilícita e crime organizado transnacional (https://www.pmi-impact.com/Funding/secondfundinground). 

O evento contará com tradução simultânea português-inglês.

Oradores: 

João Henrique Martins, Líder do Projeto Censo de Mercados Ilícitos – Brasil, JHM Research. Foi oficial da Polícia Militar do Estado de São Paulo por 15 anos, atuou no policiamento de áreas da periferia de São Paulo e depois no Centro de Inteligência. Na Universidade de São Paulo (USP) desenvolveu pesquisa sobre o impacto dos mercados ilícitos na estrutura do sistema de justiça criminal no Brasil. No setor privado, criou o Observatório de Mercados Ilícitos em São Paulo, para a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP). Possui uma característica singular entre os pesquisadores de segurança brasileiros: nasceu e viveu na periferia da região metropolitana de São Paulo nas décadas de 80 e 90. Lugar e época em que surgiu o fenômeno da explosão da violência criminal da formação das principais gangues criminosas, como o PCC. 
____________________________________________________________________________________________________________________________________

David M. Luna, CEO e fundador da Luna Global Networks, ex-diplomata e oficial de segurança nacional dos EUA, é atualmente presidente do grupo de Experts contra o Comércio Ilícito da Business@OECD e presidente do Comitê de Comércio Anti-Ilícito (AIT) do Conselho de Negócios Internacionais dos Estados Unidos (USCIB). Foi presidente da Força Tarefa para o Combate ao Comércio Ilícito da OCDE, presidente do Grupo de Trabalho Anticorrupção e Transparência (ACT) da APEC e vice-presidente do grupo Comércio Ilícito e Crime Organizado do Conselho da Agenda Global do Fórum Econômico Mundial. 

____________________________________________________________________________________________________________________________________

Leandro Piquet Carneiro, Professor do Instituto de Relações Internacionais da Universidade de São Paulo. Coordena o programa “Rede Interamericana de Desenvolvimento e Profissionalização Policial” (REDPPOL), desenvolvido com o apoio da Organização dos Estados Americanos (OEA). Foi pesquisador visitante do Taubman Center da John F. Kennedy School of Government, Harvard University (2006-2007). É membro de vários conselhos importantes, como o Conselho Gestor da Secretaria Segurança Pública do Estado de São Paulo. 

____________________________________________________________________________________________________________________________________